No dia 8 de junho, a Comunidade Evangélica Trindade de Ivoti sediou o Encontro Regional de trombonistas, trompetistas, trompistas etc, com apoio do Sínodo Nordeste Gaúcho.
 
 
O objetivo da proposta é incentivar a prática da música de metais em níveis diversos, para apresentações nas celebrações nas comunidades. A participação e a resposta do público foi muito positiva. A organização esteve a cargo de Romar Idoneu Schneider, pastor Vanderlei Closs e a presidente da comunidade, Marlene Klein, junto com diversas outras pessoas.
 
 
Add a comment

Em maio de 2012 o I Encontro de Terapias na IECLB (Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil) foi realizado em Teutônia, no Rio Grande do Sul, reunindo experiências consolidadas deste estado e do estado do Espírito Santo, além da participação da Coordenação de Diaconia/Secretaria de Ação Comunitária da Secretaria Geral da IECLB. De 30 de maio a 2 de junho de 2013, o II Encontro de Terapias na IECLB ocorreu no Espírito Santo e reuniu um grupo ainda maior de pessoas e organizações vinculadas a IECLB, que encontraram-se primeiramente no município de Vila Pavão. Participaram dos diálogos e trocas de experiência representantes de grupos que atuam com alimentação e saúde em municípios da região centro e norte do RS, da Ordem Auxiliadora de Senhoras Evangélicas (OASE) de Teutônia (RS) e do Centro de Apoio ao Pequeno Agricultor (CAPA)/Núcleo Santa Cruz do Sul (RS). Participaram também representantes da região norte e da capital do estado do Espírito Santo, da Associação Central de Saúde Alternativa do Espírito Santo (Acesa)/Núcleos Vila Pavão e Pancas (ES) e da Associação Diacônica Luterana (ADL) localizada em de Serra Pelada – Afonso Cláudio (ES) do Albergue Martim Lutero localizado em Vitória (ES).
 
 
A paróquia luterana de Vila Pavão sediou os primeiros diálogos, com o apoio dos pastores Ênio Fuchs e Renato Nass. Também esteve presente a assessora de projetos da Fundação Luterana de Diaconia (FLD), Juliana Mazurana.
 
Pastor Leonídio Gaede conduziu os trabalhos, que incluíram visita a área de horto, viveiro e sala de secagem de plantas medicinais em Vila Pavão, onde a Acesa desenvolve o trabalho em parceria com a Prefeitura Municipal. No terceiro dia, em São Gabriel da Palha, Genilza Matiello apresentou a sede da Acesa, com estrutura para manipulação e atendimento, de onde o grupo seguiu para o município de Pancas, para a propriedade da família da Edna e Valdemar Verfloet. A família e o grupo de mulheres de Pancas ofereceu ao grupo banho de argila (geoterapia), massagens e caminhada terapêutica na mata atlântica. No último dia, foi possível conhecer o trabalho coordenado pelo pastor João Paulo Auler no Albergue Martim Lutero, em Vitória.
 
Durante o período foi muito rica a troca de conhecimentos, experiências e ideias, constituindo-se a partir daí uma rede por uma Pastoral da Saúde na IECLB. Para dar seguimento aos diálogos e às ações necessárias e apontadas por esta rede, foi criado um grupo de trabalho composto por Edna Verfloet, pastor João Paulo Auler e Cleci Koch. A FLD será instituição de apoio deste GT.
 
A rede por uma Pastoral da Saúde na IECLB é uma proposta de unir pessoas e grupos que se dedicam, no âmbito da IECLB, em qualquer região do Brasil, à busca e promoção de saúde, através metodologias comunitárias e técnicas conhecidas como alternativas. Para saber mais, acesse o bloghttp://terapiasieclb.blogspot.com.br/
Add a comment

Ao assinar no dia 3 de junho o Tratado de Comércio de Armas (Arms Trade Treaty) nas Nações Unidas em Nova Iorque (EUA), o Embaixador do Brasil na ONU, Antônio Guerreiro, endossou uma nova e pioneira lei internacional que irá regulamentar as transferências internacionais de armas.
 
 
Ao se juntar a mais 60 outras nações líderes que aproveitaram essa primeira oportunidade para assinar o tratado, o Brasil transmitiu uma mensagem clara de que a venda de armas para governos que pretendem causar miséria mediante o suprimento de rebeliões, guerras civis ou conflitos com armas não é mais aceitável e precisa acabar.
 
Leia abaixo a declaração de Marie Krahn, a representante oficial da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB) na Campanha Ecumênica por um Tratado de Comércio de Armas Forte e Eficaz do Conselho Mundial de Igrejas (CMI). Ela também coordena a organização SERPAZ, de São Leopoldo (RS), membro da Coalizão Control Arms, uma rede da sociedade civil global que encabeçou a campanha de mais de uma década em favor do tratado.
 
“Cidadãs e cidadãos brasileiros, junto com cidadã e cidadãos de todo o mundo, finalmente conquistaram uma ferramenta internacional que ajudará a diminuir a violência armada.
 
O Brasil infelizmente ainda lidera a lista de países que mais sofrem com essa violência: a cada ano, cerca de 36 mil pessoas morrem vítimas de armas de fogo. Embora sejamos 3% da população mundial, somos responsáveis por 8% das mortes decorrentes de ferimentos à bala [Small Arms Survey 2004/Data SUS 2004].
 
Mesmo que o relatório da CPI do Tráfico de Armas, publicado em novembro de 2006 e que levantou o perfil de 146.663 armas apreendidas pela polícia em situações de crime, tenha mostrado que a maioria das armas (aproximadamente 85%) foi produzida no país, também mostrou que 22% das armas no Rio de Janeiro, 11% em São Paulo e 5% em Brasília eram armas de grosso calibre e semiautomáticas de origem estrangeira. O tratado levará à redução das armas de origem estrangeira usadas nas disputas entre quadrilhas, contra as forças de segurança ou em assaltos a carros fortes e bancos.
 
Além disso, o tratado bem implementado resultará em mais transparência nas transferências de armas. Apesar de o Brasil ser o terceiro maior exportador de armas pequenas no mundo, não há o mínimo de transparência em suas exportações, que são autorizadas pela Defesa e pelo Itamaraty com base em um documento secreto (PNEMEM) da ditadura militar.
 
Desenhado para reduzir o efeito devastador da violência armada – atualmente responsável pelas mortes de mais de 520 mil pessoas por ano em todo o mundo –, o Tratado de Comércio de Armas é a primeira lei internacional da história que torna ilegal um Estado autorizar transferências de armas onde é grande o risco destas serem usadas para cometer violações de direitos humanos ou crimes contra a humanidade.
 
Hoje, o Brasil, exportador emergente, uniu-se a muitos outros principais exportadores de armas do mundo, incluindo o Reino Unido, Alemanha e França, na assinatura do Tratado, ao lado de outros exportadores emergentes como México e África do Sul. O governo dos Estados Unidos também deverá assinar em outro momento durante o ano.
 
Em dois de abril de 2013, o Brasil foi um dos 154 Estados que votaram a favor do tratado na Assembleia Geral da ONU. O tratado entrará em vigor 90 dias após a conclusão do processo de ratificação do 50º (quinquagésimo) signatário. A Control Arms está conclamando os Estados a priorizarem urgentemente a assinatura e a ratificação.
 
Demos mais um passo na direção de um mundo mais seguro, no qual as armas aterrorizarão cada vez menos as vidas das pessoas. Instamos o nosso país para que aja rapidamente para assegurar que os efeitos transformadores de vidas do tratado possam realmente fazer diferença para as pessoas que de fato precisam.”
 
Ao assinar o Tratado de Comércio de Armas, os Estados se comprometem a:
 
·         Regulamentar adequadamente todas as transferências de armas convencionais, munições ou peças e componentes.
·         Banir a exportação de armas convencionais, munições ou peças e componentes onde existe conhecimento de que as armas seriam usadas para efetuar crimes de guerra, genocídio, ataques contra civis e outras quebras graves das Convenções de Genebra.
·         Avaliar de modo abrangente o risco de qualquer transferência contribuir para minar a paz e a segurança ou facilitar sérias violações dos direitos humanos internacionais ou da lei humanitária, apoiar o terrorismo, o crime organizado, a violência de gênero ou a violência contra mulheres e crianças.
·         Levar em conta o risco de que as armas possam ser redirecionadas do receptor original para outro usuário – conhecido como “desvio”.
·         Entre outras medidas.
 
 
Add a comment

No dia 29 de maio, o Sínodo Nordeste Gaúcho promoveu o Seminário Sinodal das Secretárias Executivas, em Estância Velha, na sede do sínodo. A acolhida foi feita pelo pastor sinodal Altemir Labes e, na sequencia, Cristiano Lamb apresentou os meios de comunicação utilizados pelo sínodo da divulgação de notícias e informações.
 
 
À tarde, as participantes conversaram com o pastor sinodal sobre desafios e necessidades nas secretarias das paróquias, sobre a campanha Vai e Vem e Dia da Igreja em 2014. Também receberam informações e documentos normativos, resoluções e práticas na IECLB, de ClairRosane Scherer Casagrande e Solange Alaíde Bauermann Engel, da secretaria sinodal.
 
A presidente do Conselho Sinodal, Maria Elisabeth Augustin Collet transmitiu o agradecimento do conselho às secretárias, que também foram presenteadas com a publicação Figuras e coisas – meditações e ensaios para viver, de Miltom Schwantes e Rosileny Alves dos Santos Schwantes.
Add a comment

Seguindo o lema "Pensar. Comer. Conservar”, o Programa das Nações Unidas Para o Meio Ambiente (PNUMA) em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, em 5 de junho, está reforçando a campanha contra a perda e o desperdício de alimentos, juntamente com a promoção de outras atitudes, como a organização comunitária de espaços públicos, redução do uso de sacolas plásticas, busca por novas alternativas de meios de transporte, entre outros.
 
 
A ideia é sensibilizar as pessoas sobre os problemas do meio ambiente e fazer com que todos/as assumam sua responsabilidade e também seu potencial em se tornarem agentes pelo desenvolvimento sustentável e igualitário, também disseminando informações sobre os impactos ambientais das escolhas que as pessoas fazem em relação à comida. Dados da Organização da ONU para Agricultura e Alimentação (FAO) revelam que 1.3 bilhões de toneladas de comida é desperdiçada, ao mesmo tempo em que uma de cada sete pessoas do mundo sofre de fome e, a cada dia, mais de 20 mil crianças menores de 5 anos morrem do mesmo mal.
 
A campanha deste ano faz um convite para a promoção de atividades nas comunidades e o exercício do poder da decisão coletiva para reduzir o desperdício, economizar recursos, reduzir o impacto ambiental e forçar mudanças nos processos de produção dos alimentos para torná-los mais eficientes. Para isso, o site da PNUMA oferece uma página para registro de ações que beneficiem o meio ambiente, (através do endereço http://www.unep.org/portuguese/wed/activities/register/) e disponibiliza também um guia rápido de dicas ecologicamente corretas para quem gostaria de comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente e não sabe como, que pode ser acessado no link http://www.unep.org/wed/WEDpack/.
 
A importância da mobilização se faz necessária no momento em que a FAO também estima que um terço da produção de comida é perdida - e todos os recursos usados na sua produção, desperdiçados. De acordo com a organização, são necessários mil litros de água para produzir um litro de leite, e cada hambúrguer consome 16 mil litros de água por meio de ração para o gado, mostrando que o desperdício de alimentos é um enorme consumidor de recursos naturais e contribuinte para impactos negativos no meio ambiente.
 
Por isso, medidas conscientes como a seleção de alimentos orgânicos, que não usam produtos químicos no processo de produção, e a compra de produtos fabricados localmente, que não foram importados de outras partes do mundo, estão sendo promovidas.
 
Para saber mais sobre o Dia Mundial do Meio Ambiente acesse: www.unep.org/portuguese/wed. Mas se você tem interesse em conhecer melhor a Campanha Pensar. Comer. Conservar clique no linkwww.thinkeatsave.org.
Fonte: Adital
Foto: Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente/Meio Ambiente para o Desenvolvimento
 
Add a comment

Na quarta-feira, dia 29 de maio, o grupo da OASE de Taquara fez um passeio cultural em Porto Alegre (RS). “Iniciamos a programação com a travessia de catamarã até Guaíba”, relatou o pastor Valmor Haag. Após a volta, durante o tour pela capital gaúcha, o grupo recebeu informações históricas sobre a cidade e a Guerra dos Farrapos, passando por lugares estratégicos vinculados aos farroupilhas.
 
 
À tarde, o passeio seguiu por diversos outros locais culturais e foi encerrado com uma visita ao Planetário.
 
 
Add a comment

No dia 5 de junho, próxima quarta-feira, a Federação Luterana Mundial (FLM) está promovendo, com o apoio de igrejas membro, uma conferência virtual sobre Diaconia, com o tema Levanta-te e anda (Mc. 2.9). A proposta é conectar ministros, ministras, lideranças leigas e outras pessoas, do mundo todo, que trabalham ou se interessam pelo tema. O evento abordará três assuntos: A fé em ação; Diaconia em contexto; Aprender e compartilhar em diaconia. O secretário executivo da Fundação Luterana de Diaconia, Carlos Gilberto Bock, será um dos painelistas, junto com outros nomes de diversos países.
 
 
De acordo com a coordenadora de Diaconia da Secretaria de Ação Comunitária/Secretaria Geral da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, Leila Schwingel, “a iniciativa visa dar continuidade à reflexão iniciada com o processo de criação do caderno Diaconia em Contexto, elaborado pela FLM a partir de consultas mundiais, das quais nós também participamos”.
 
O tema Levanta-te e anda (Mc. 2.9) foi escolhido a partir da ação das igrejas, na sua abordagem do sofrimento humano e da busca de formas de superação e de esperança para uma vida digna sem sofrimento. “Além das igrejas como entidade, são incontáveis os cristãos e cristãs que seguem o chamado de Jesus, praticando ações diaconais em favor da criação de Deus no mundo”, lembrou a coordenadora.
 
O conteúdo será disponibilizado em inglês, mas uma grande parte poderá ser acompanhada em espanhol, alemão, francês e indonésio. As perguntas serão feitas e respondidas em tempo real. A participação é gratuita.
 
Por que participar?
Se você se preocupa com a dignidade humana e atua pela superação do sofrimento e em questões sociais ou em áreas relacionadas, também por meio da sua igreja, esta conferência irá trazer novas ideias, podendo servir de inspiração e reflexão.
 
Participação em grupo
Considere formar um grupo, utilizando equipamentos como um projetor e uma tela para transmitir a conferência. Outra possibilidade é que cada pessoa do grupo leve um computador para acompanhar a conferência em conjunto.
 
Como participar
Você deve se inscrever no endereço www.lwfvirtualconference.org.  Ali também estão disponíveis a programação completa, o calendário, a descrição do programa e os currículos dos/as painelistas. 
Add a comment

Dentro da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, foi realizada, dia 15 de maio, a 4ª. Edição da Noite de Louvor Ecumênica, unindo luteranos, católicos e anglicanos em Caxias do Sul. A celebração ocorreu no templo da Igreja Cristo Bom Pastor – IECLB, com a participação do Coral Aldo Locatelli, Grupo São Carlos, Grupo São Francisco, da Comunidade Catolica, e dos grupos IASIS, Ryddau, Unidos em Cristo e Louvarte, da Comunidade Luterana de Caxias. As apresentações musicais foram intercaladas com orações, leituras bíblicas e reflexões por parte dos representantes de cada igreja. A programação foi encerrada com uma animada confraternização, um lanche servido a todos pela comunidade anfitriã.
 
 
 
P.André D.Müller
Add a comment

Nos dias 25 e 26 de maio, o Grupo de Casais da Comunidade de Taquara (RS) teve um final de semana diferente. A programação começou no sábado, quando foi conhecer a região das Missões. A primeira parada foi na cidade de Santo Ângelo, na praça central, local onde se encontram o Museu Missioneiro e a Catedral Angelopolitana. À tarde, o passeio seguiu até a cidade de São Miguel das Missões, onde os casais conheceram a história do povo indígena guarani que lá viveu e puderam observar o museu e as ruínas, que são patrimônio histórico da humanidade e famoso ponto turístico. Ao final da noite, todas e todos assistiram ao espetáculo Som e Luz.
 
 
 
No domingo pela manhã, o grupo dirigiu-se para a localidade de Rincão dos Müller, interior da cidade de Augusto Pestana (RS), onde foi recepcionado pela família Kogler com um belíssimo e apetitoso café colonial. O dia seguiu na Comunidade Evangélica da Paz, onde todas e todos foram acolhidos com música e com o carinho da comunidade.
 
 
  
A integração entre a comunidade e os visitantes se deu a partir do culto comunitário, onde o Grupo de Taquara ficou responsável pela música. Este momento de integração teve continuidade na tradicional festa da Comunidade da Paz, onde foi oferecido churrasco, cuca e uma alegre tarde de danças, ao som da Banda Munique de Santa Catarina. 
 
Foi um final de semana inesquecível e muito gratificante.
 
 
 
 
 
 
Texto e fotos: Franciele Kogler Bartz, candidata ao Ministério Pastoral - PPHM
Add a comment

Nos dias 21 e 22 de maio realizou-se mais uma etapa do curso de Dança Sênior, em Gramado (RS), na Casa da Juventude. O curso Progressivo B (Dança Sentada) contou com a participação de 22 pessoas, que já haviam realizado a formação básica em outubro de 2012 e março de 2013. As orientadoras foram Bettina Bender e Sonia Weingartner.
 
 
A avaliação foi muito positiva. As/os participantes sentiram boa integração entre o grupo, aumento dos conhecimentos, boa didática das ministrantes e motivação para a continuidade. O grupo agradece ao Sínodo Nordeste Gaúcho pela possibilidade de participação e pelo fato de investir na formação de dirigentes de dança sênior. Em março de 2014 será realizada mais uma etapa.
 
 
 
 
Texto e fotos: pastora vice-sinodal Tânia Cristina Weimer
Add a comment

Please publish modules in offcanvas position.